Todos são reikianos?

Sim!

Sim, é uma afirmação correta.

Alguns tem maior consciência e sensibilidade, conseguem por vezes promover cura em si mesmo e nos outros de formas diversas. O toque humano é poderoso: transmite e recebe energia eletromagnética e sutil. Um abraço tem seu poder de cura intensificado após 20 segundos, é quando a energia passa a poder fluir livremente entre as duas pessoas abraçadas.

Os animais domésticos manifestam esta habilidade naturalmente. Por serem seres puros em essência a energia que eles trocam com o ambiente causa bem-estar. Tanto os gatos como cachorros tem muita sensibilidade, percebem tristeza e alegria e agem na cura necessária naturalmente. Eles são reikianos naturais.

A única diferença entre alguém que não foi iniciado no Reiki e um reikiano é que este passou por um processo de sintonização na qual aprende a reconhecer, fortalecer e irradiar uma energia que está presente em todo ser vivo e é abundante no universo.

O reikiano aprende como preencher seu corpo físico e corpos sutis com a energia Reiki e através de uma transbordamento, que acontece principalmente através das mãos, ele tem a capacidade de transferir esta energia para outros.

O Reiki a chama de energia vitual universal, mas ela é reconhecida por nomes diferentes em outras tradições: prana, johrei, passe, bênção. Nomes para o mesmo fenômeno que pode ser definido apenas e de forma abrangente como Amor Incondicional.

Para tornar-se reikiano e ter maior consciência desta energia é necessário fazer cursos que são curtos e dividem-se em 3 níveis: I, II, III (A e B), no qual o III-B é o mestrado e o capacita a sintonizar outros. É importante encontrar um mestre que detenha uma linhagem, que o conecta diretamente a Mikao Usui, monge tibetano que pesquisou e redescobriu a técnica no Japão há mais de um século.

Cada nível precisa de no mínimo de 21 dias para assentar esta nova energia, mas recomenda-se que isto não seja feito com pressa. O próximo nível deve recebê-lo familiarizado com as novas percepções sobre a vida que o Reiki irá trazer naturalmente.

Nem todo reikiano precisa necessariamente atender com terapia utilizando Reiki, nem sempre este é o chamado. Muitos realizam os cursos para ter contato e aprender sobre esta misteriosa energia e não tem a intenção de trabalhar com o reiki ajudando diretamente outras pessoas o que é completamente normal.

Particularmente acho impossível não perceber que este movimento de compaixão acontece diante dos seus olhos de forma natural e torna-se mais presente. Sem notar você estará ajudando, de várias formas.

Nellynton Borim
Terapeuta Reikiano III-A
fb.com/reiki.enso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.