Meditação Zazen

Prática faz parte da filosofia e escola Zen Budista e nos traz ensinamentos valiosos.

Existem muitos tipos de meditação de escolas antigas e também acredito que novas opções e métodos estão sendo criadas diariamente. Não existe melhor ou pior e sim o método que o deixa mais a vontade, faça com que você sinta-se bem e encontre um estado de paz e tranquilidade que sempre esteve em você.

Meditar é colocar o mundo em stand-by por vontade própria e olhar para dentro. Permitir que a mente processe toda a carga de pensamentos livremente, sem seu julgamento ou envolvimento, sem apego ou repulsa. A mente continua funcionando normalmente, mas no seu filtro, todo pensamento que apresenta-se é deixado livre e ir embora, sem qualquer barreira.

O tipo de meditação que mais gosto é a Meditação Zazen, mas como não sigo nenhuma religião ou filosofia em específico, recortei os ensinamentos que achei interessantes e simplesmente utilizo em minhas práticas.

Encontrei este relato de a repórter Thays Prado e achei um bom exemplo do tipo de insight que uma sessão de meditação de apenas 20 minutos pode trazer:

ardilla2by2bbuda.jpg
“Não há convite maior para a meditação do que a serenidade do centro Zendo Brasil. Na hora exata, todos entram em silêncio na sala, fazem uma reverência com as mãos em prece ao altar e escolhem um lugar para se sentar – normalmente nas almofadas, chamadas de zafu.

Pernas cruzadas, coluna ereta, queixo encaixado, o corpo não se inclina para nenhum dos lados, orelhas alinhadas com os ombros, o nariz, o umbigo. Esvaziam-se os pulmões, eliminando qualquer tensão, e apoiam-se as mãos quatro dedos abaixo do umbigo.

A mão direita fica embaixo, com a palma voltada para cima, enquanto as costas dos dedos da mão esquerda repousam sobre os dedos da mão direita, sem avançar sobre a palma, com os dois polegares levemente encostados. A ponta da língua se mantém atrás dos dentes superiores da frente e os olhos ficam entreabertos, num ângulo de 45 graus com o chão.

Como não estava acostumada com aquela posição, comecei a sentir uma forte dor nas pernas. Mais tarde, o monge Yuho, que orienta a meditação para iniciantes, me explicou: “A maior dificuldade de praticar o zazen é nossa própria mente, que, a cada perturbação com que se depara, quer desistir e abandonar tudo. Apenas permaneça firme e tranquila, sentada em zazen”. Foi exatamente o que eu fiz: me entreguei à dor.

Naquele momento, tive uma espécie de insight que dizia: sem julgamentos, a dor não é boa e nem ruim, é apenas dor. Inacreditavelmente, por mais que ela aumentasse, já não me causava qualquer sofrimento, era apenas uma informação no meu corpo.”

cropped-cropped-logo_enso_testeO Símbolo no logotipo da Enso Reiki apropriou-se de um símbolo muito forte do Zen Budismo, o ensö.

Segundo o minha pesquisa, simboliza o momento em que a mente e os pensamentos estão em estado de arte e você está livre para criar.

Conheça outros artigos do site aqui!

Matéria completa: http://casa.abril.com.br/bem-estar/testamos-10-tipos-de-meditacao/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.